R$ 1,00

Ano
2023
Padrão Monetário
Real
Moeda de 1 Real
Raridade: ?
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Moeda Reverso Moeda Borda Moeda Anverso
Moeda Reverso Moeda Borda Moeda Anverso Movimento 3D Zoom Moeda Detalhes da Moeda
Moeda de 1 Real
Raridade: ?
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
BC
BEM CONSERVADA
N/A
MBC
MUITO BEM CONSERVADA
R$ 1,30
S
SOBERBA
R$ 1,60
FC
FLOR DE CUNHO
R$ 2,50
CARACTERÍSTICAS:
Denominação:!
1 Real de 2023
Cognome:!
Moeda de 1 Real
Tipo:!
Moedas
Finalidade:!
Circulação Comum
Concepção e Projeto:!
Banco Central do Brasil e Casa da Moeda do Brasil
Fabricação:!
Casa da Moeda do Brasil: Rio de janeiro
Abrangência:!
Brasil
Vigência:!
Em circulação a partir de 24/06/2002
Método de Cunhagem:!
Comum
Composição Básica:!
Aço inox (núcleo) Aço revestido de bronze (anel)
Formato:!
Circular
Altura:!
27.0 mm
Largura:!
27.0 mm
Quantidade:!
39.936.000
Peso:!
7.00 gr
Bordo:!
Serrilha intermitente
Espessura:!
1.95 mm
Eixo:!
Eixo HorizontalEixo Moeda Horizontal
Artista Anverso:!
Glória Aparecida Ferreira Dias, Luciano Dias Araújo e Kátia Dias
Artista Reverso:!
Glória Aparecida Ferreira Dias, Luciano Dias Araújo e Kátia Dias
Gravador Anverso:!
Kátia Dias
Gravador reverso:!
Kátia Dias
Líder:!
Lula
Padrão monetário:!
Real
Período Político:!
6ª República
Divisão Monetária:!
Segunda Família do Real
Raridade:!
0
Valor Facial:!
R$1,00
Valor:!
1.00
Símbolo Monetário:!
R$
Letra Monetária:!
N/A ?
Carimbo:!
N/A ?
Classe:!
Primeira Classe
Sku:!
BR-2023-001-CC-XX-GE

Anverso:

Efígie da República à direita do núcleo prateado (disco interno) e transpassando para o anel dourado (disco externo), assim posicionada constitui um dos elementos de segurança da moeda de maior denominação. No anel dourado, referência às raízes étnicas brasileiras, representada pelo grafismo encontrado em cerâmicas indígenas de origem marajoara, e a legenda "Brasil".

Reverso:

No anel dourado, a repetição do grafismo indígena marajoara. No núcleo prateado, esfera sobreposta por uma faixa de júbilo, que, com a constelação do Cruzeiro do Sul, faz alusão ao Pavilhão Nacional, e os dísticos correspondentes ao valor facial de 1 em algarismo hindu-arábico, dístico REAL acima do ano de cunhagem.

Observações:

A partir de junho de 2002, iniciou a produção da Segunda Tiragem das moedas de R$1,00 e R$0,50, com pequenas modificações em suas características físicas. Um aumento significativo no preço dos materiais utilizados na fabricação das moedas levou o Banco Central a estudar alternativas para garantir a continuidade na sua produção. A solução encontrada foi a substituição dos metais utilizados: o cuproníquel e a alpaca foram trocados, respectivamente, pelo aço inoxidável e pelo aço revestido de bronze. Na prática, as modificações na moeda de R$0,50 – de disco prateado – e na de R$1,00 – de núcleo prateado e anel dourado – são pouco significativas. Além de apresentarem pequenas alterações de tonalidade e brilho, as novas moedas ficaram ligeiramente mais leves. Já os desenhos de ambas não sofreram nenhuma modificação. As novas moedas mantêm as atuais características de segurança contra falsificações e permanecem sendo aceitas nos equipamentos de venda automática. As moedas que estão em circulação continuam valendo.

Informativos:

Normas
Normas
Período
Período
Líder
Líder
Padrão
Padrão
Divisão
Divisão